Mosaiko – 22 Anos ao serviço dos Direitos Humanos em Angola

Aniversário

Aniversário do Mosaiko 22 anos

Quase todas as histórias nascem de um sonho!

Um sonho de mudança, de buscas, de vontade de fazer algo diferente e que seja capaz de transformar a vida das pessoas e da realidade.

Com o Mosaiko não é diferente! A nossa história já tem 22 anos.

São mais de duas décadas fazendo caminhos com as pessoas, trocando experiências com outras organizações nacionais e internacionais, parceiros, financiadores.  Cada dia e cada ano percebemos que a causa dos Direitos Humanos ainda é um desafio, que só é possível vencer trabalhando em conjunto.

Continuamos a acreditar que o percurso para a plena cidadania é ainda um caminho longo a fazer e deve ser fruto do trabalho de muitas mãos. Para que a nossa acção como Mosaiko chegue a mais pessoas e realidades do nosso País devemos contar com a colaboração de profissionais de várias áreas do saber, das organizações parceiras, de instituições nacionais e internacionais de defesa e promoção dos DH, enfim. Contamos também com a parceria imprescindível dos Grupos Locais de Direitos Humanos espalhados por Angola e dos nossos vários financiadores. Todas estas pessoas e todos estes esforços concorrem para o mesmo e único compromisso de Promover e defender os Direitos Humanos, através das formações, Conferências e Debates com diferentes actores sociais; da pesquisa social orientada para acção; da assessoria de Grupos Locais e da divulgação dos nossos trabalhos, através das diferentes plataformas; Biblioteca, redes sociais, rádio, edição e publicações.

Ao celebrarmos os 22 anos do Mosaiko, reconhecemos com gratidão o contributo de todos e todas que fizeram e que fazem parte da nossa história, lembramos com especial carinho e gratidão os colegas que deixaram o mundo dos vivos: frei João Domingos, frei Luís de França e Ana Cristina Cardoso.

Neste dia especial de festa para nós, queremos agradecer cada uma e cada um que dos actuais membros da equipa do MOSAIKO, fazendo votos de todos continuemos acreditar no sonho de uma Angola em que os direitos humanos seja verdadeiramente protegido e consolidem o Estado democrático de Direito. Nós, Mosaiko, acreditamos, alimentamos e trabalhamos para o sonho de uma Angola desenvolvida e próspera. Para isto é necessário construímos juntos, uma nova cultura de Direitos Humanos,

Juntos, por uma Angola melhor!

Related Posts
Leave a Reply

Arquivo