O Embaixador dos EUA felicita o Mosaiko pelo trabalho di??rio que desenvolve a favor das pessoas e das comunidades

Mosaiko recebe visita do Embaixador dos EUA em Angola

Embaixador dos EUA felicita o MosaikoLuanda | Sede do Mosaiko

O Embaixador dos Estados Unidos da América (EUA), Christopher Mcmullen, acompanhado do oficial para questões políticas, Derek Wright, visita as instalações do Mosaiko | Instituto para a Cidadania no dia 17 de Outubro.

Durante a estadia, Christopher Mcmullen tem a oportunidade de ver de perto os diferentes departamentos de trabalho do Mosaiko, tomando conhecimento das suas dinâmicas e modus operandi. A visita guiada foi conduzida pelos freis Júlio Candeeiro (Director-geral do Mosaiko) e Luís de França (Director-geral Adjunto).

Dirigindo-se aos funcionários do Mosaiko, em reunião informal, Christopher Mcmullen, felicita as equipas nos seguintes termos:

«Parabéns pelo trabalho que fazem todos os dias. É muito importante o papel que o Mosaiko desenvolve na vida das pessoas e das comunidades, pelo facto do Mosaiko facilitar o acesso a informações, às pesquisas que promovem e ao aconselhamento de advogados. Tudo isso é muito importante em qualquer país e, particularmente em Angola, porque Angola está numa situação de transição marcante. O País pode olhar o futuro em frente e o papel dos cidadãos angolanos é muito relevante neste momento».

No final do discurso, o Embaixador salienta ainda que «chegou o momento dos EUA desmistificarem o real interesse dos Americanos em Angola. Muitos pensam que o interesse é o Petróleo, mas não é o caso. Nós queremos que haja uma economia mais equilibrada, onde existam sectores que produzam e que ajudem também os Angolanos. Nós queremos trabalhar com mais organizações como o Mosaiko e outros grupos que têm interesse em melhorar a situação do povo angolano». Por fim, o Embaixador conclui que: «Espero que possamos, com o Mosaiko, desenvolver uma parceria estreita nos anos que se seguem».

Ao tomar a palavra, Derek Wright, sublinha o facto de que «toda a gente que toma conhecimento do trabalho do Mosaiko, pelo programa da Rádio Ecclésia (e não só), fica muito impressionada». O oficial reconhece, ainda, que as equipas do Mosaiko «têm um trabalho difícil e duro» e, mostra-se admirado com a realidade do Instituto, concluindo que «vou continuar a relacionar-me com o Mosaiko».

Esta visita de Christopher Mcmullen, embaixador norte-americano que se faz acompanhar de Derek Wright, oficial político da referida representação diplomática em Angola, marca uma colaboração que zela pelos direitos e interesses do povo angolano, trabalhando por uma Angola melhor.

Related Posts
Leave a Reply

Arquivo