“Excluir uns para benefício de outros é uma injustiça”

Quela

Malanje

Os munícipes consideram injusto que o Quela, município de Malanje, tenha sido excluído de participar nas eleições autárquicas, previstas para o próximo ano.

“Todos temos os mesmos direitos. Angola tem 18 províncias com cerca de 160 municípios,excluir uns para benefício de outros é uma injustiça. Independentemente das condições socio-económicas, devemos criar políticas de inclusão,” defendeu Isabel Teca, depois de ter participado na formação sobre Direitos Humanos e Autarquias Locais, facilitada pelo Mosaiko de 4 a 6 de Setembro passado, com apoio da Misereor.

Para Inácio Bartolomeu, outro participante da formação, o adágio “nós somos um só povo, uma só nação, devia reflectir-se nas autarquias”, acrescentando ser necessária a participação activa de todos, porque “ao selecionar apenas alguns municípios, os que ficam excluídos ficam cada vez menos desenvolvidos”. 

O administrador-adjunto do município, Diogo Conceição, também acredita que as autarquias locais concorrem para o desenvolvimento do município, explicou, no entanto, que actualmente, os municípios estão classificados por grupos. “O município do Quela está no grupo D, o que já nos tira a possibilidade de atingirmos as autarquias locais”.

Com um número estimado de 21.847 habitantes, segundo o Censo de 2014, a maioria da população dedica-se à Agricultura.

Juntos por uma Angola melhor!

Related Posts
Leave a Reply

Arquivo