Equipas de formação do Mosaiko iniciam actividades em 2017

Pela defesa dos Direitos Humanos em Angola.

18 a 26 de Janeiro 2017

De 18 a 26 de Janeiro, três equipas de formação do Mosaiko| Instituto para a Cidadania visitarão grupos locais de Direitos Humanos nas cidades do Uíge, Benguela, N´Dalatando, Kwanza Norte e Lunda Norte.

Um dos objectivos é acompanhar o desempenho dos grupos locais, a participação dos membros, e realizar contactos para a melhoria do desenvolvimento das actividades planificadas. Uma das equipas acompanhará a Fundação Fé e Cooperação (FEC), que vai proceder a avaliação do Projecto que está a ser desenvolvido pelo Mosaiko, denominado Pela defesa dos Direitos Humanos em Angola.

Conforme explica a voluntária, Daniela Vieitas, este Projecto tem duração de três anos e, no final de cada ano é necessário fazer uma avaliação para perceber como está o desenvolvimento das actividades. Por isso, na visita aos grupos locais para além de conversar e ouvir as pessoas beneficiadas pelo projecto, vamos avaliar os trabalhos realizados, e a partir daí, pretendemos implementar e melhorar as acções para os próximos dois anos, afirma Daniela.

Outra equipa visitará o Sector Cafunfo, localizado no município do Cuango, Província da Lunda Norte. A irmã Joana Janja, disse que entre os dias 23 e 26 de Janeiro, a equipa visitará a Comissão Paroquial de Justiça e Paz e realizará um seminário com o tema: Lei de Terras. A actividade contará com a participação de representantes das organizações locais e a comunidade em geral

Direitos Humanos na família, este será o assunto abordado no seminário que se realizará entre os dias 19 e 21 de Janeiro, em Samba- Cajú, na Província do Kwanza Norte. Segundo o assessor do Mosaiko, em Direito Humanos, José Samoko, este encontro tem o intuito de contribuir com mudanças significativas nas relações familiares, quando se trata de fuga de paternidade, violência doméstica e violação dos direitos das crianças, estes são os conflitos mais constantes entre os membros da família, diz Samoko.

Encontros de formação do Mosaiko

Acreditamos que a formação e a educação são a chave do desenvolvimento de uma sociedade, por isso concretizamos a missão do Instituto Mosaiko. Assim pretendemos contribuir para uma cultura de respeito e defesa dos Direitos Humanos em Angola

As actividades promovidas pelo Mosaiko contam com o apoio de Instituições parceiras que contribuem com recursos para o desenvolvimento das mesmas. São nossos financiadores: Misereor ; Fundação Fé e Cooperação (FEC); Norwegian Church Aid; Camões- Instituto da Cooperação e da Língua Portuguesa; e a Embaixada dos Países Baixos.

Related Posts
Leave a Reply

Arquivo