Mosaiko realiza o 2º ciclo de Formação sobre Resolução de Conflitos
Representantes de 23 grupos de Direitos Humanos participaram no encontro
4-8 de Dezembro
Viana
Bookmark and Share Partilhar



O Mosaiko | Instituto para a Cidadania realizou de 4 a 8 de Dezembro, o primeiro módulo do 2º ciclo de Formação sobre Resolução de Conflitos na Casa de Espiritualidade das Irmãs Mercedárias, em Viana.


A formação reuniu 23 representantes de 23 grupos locais de Direitos Humanos, provenientes de 10 províncias do País: de Malanje, o Grupo de Direitos Humanos do Quela; do Cuando Cubango, o Programa de Desenvolvimento da Mavinga; de Benguela, o Grupo Comunitário da Graça, a Associação YOVE (Balombo) e o Grupo Dinamizador de Direitos Humanos do Cubal; do Cuanza Norte, a Subcomissão Mista de Direitos Humanos de Samba Caju, a Subcomissão Mista de Direitos Humanos do Dondo, a Subcomissão Mista de Direitos Humanos de Ambaca, a Subcomissão Mista de Direitos Humanos de Lucala e a Comissão Mista de Direitos Humanos de Cazengo; do Uíge, a Cáritas e a Associação Verdade Justiça e Paz; da Huíla, o Núcleo de Direitos Humanos da Jamba Mineira, o Subnúcleo de Direitos Humanos do Dongo, o Núcleo de Direitos Humanos da Matala e o Subnúcleo de Direitos Humanos de Capelongo; da Lunda Norte, a Comissão Paroquial de Justiça e Paz do Cuango, a Comissão Paroquial de Justiça e Paz de Cafunfu, e a Comissão Paroquial de Justiça e Paz do Dundo; de Luanda, a Associação Mulher Raiz da Vida; de Moxico, a Comissão Diocesana de Justiça e Paz do Luena e a Escola Teresiana do Luena; e de Cunene, a Associação Ame Naame Omunu.

A formação foi facilitada pela psicóloga Anabela Sachombele Martins, acompanhada pela coordenadora do Departamento de Justiça e Direitos Humanos, Djamila Ferreira, e pelo assessor de Grupos Locais de Direitos Humanos, Filipe Pedro.

Segundo o assessor Filipe Pedro, neste módulo de formação foram partilhadas dinâmicas de aprendizagem que facilitaram os participantes a encontrar metodologias de resolução de conflitos nas suas comunidades.

O projecto tem o apoio da União Europeia e da Embaixada da Suíça em Angola.

A formação continua no próximo ano com a realização do segundo módulo deste último ciclo.

Mosaiko | 20 anos ao serviço dos Direitos Humanos em Angola