Equipa do Mosaiko faz visita ao Núcleo de Direitos Humanos da Jamba Mineira

17 de Junho 2017 Huí­la, Jamba-Mineira O Núcleo de Direitos Humanos e os Subnúcleos das comunas do Dongo e Tchamutete no munícipio da Jamba Mineira receberam no último dia 17 de Junho, a visita da advogada estagiária do Mosaiko, Elsa Teixeira e do assessor em Direitos Humanos Filipe Pedro. O encontro reuniu 8 homens e...

Núcleo de Direitos Humanos da Jamba Mineira

17 de Junho 2017

Huí­la, Jamba-Mineira

O Núcleo de Direitos Humanos e os Subnúcleos das comunas do Dongo e Tchamutete no munícipio da Jamba Mineira receberam no último dia 17 de Junho, a visita da advogada estagiária do Mosaiko, Elsa Teixeira e do assessor em Direitos Humanos Filipe Pedro.

O encontro reuniu 8 homens e duas mulheres representantes dos Grupos Locais de Direitos Humanos (GLDH), com objectivo de identificar as debilidades existentes a nível de organização, metodologia e administração dos grupos. Segundo a advogada estagiária do Mosaiko, Elsa Teixeira, uma das dificuldades que os grupos apresentaram é que as pessoas que estão envolvidas nos Núcleos parecem desconhecer a missão e o papel que exercem na qualidade de voluntários e de grupos autónomos, afirma a advogada.

No entanto, a equipa do Mosaiko ouviu estas e outras situações que os grupos apresentaram e durante a visita usaram dinâmicas de metodologias participativas,  analisaram em conjunto os planos de acção e  sua implementação, como se faz as prestações de contas, e as modalidades das reuniões.

Outra questão orientada pelos facilitadores foi sobre a composição dos grupos. É importante que tenha a participação inclusiva e de paridade de género, ou seja, número igual de mulheres e homens, enfatizou o assessor Filipe Pedro.

A parceria do Mosaiko com os grupos também foi um dos assuntos abordados. E para dar continuidade a este processo de formação dos líderes dos Núcleos a próxima visita está agendada para o segundo semestre deste ano.

Esta visita teve o apoio da União Europeia e a Embaixada dos Países Baixos em Angola.

Mosaiko 20 anos ao serviço dos Direitos Humanos em Angola

Related Posts
Leave a Reply

Arquivo